Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco
 

Destaques do MPPE

11/04/2019 - A atuação integrada entre os órgãos públicos das áreas de Segurança e Justiça com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) vem contribuindo com a queda no número de homicídios na cidade do Ipojuca. Um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Defesa Social (SMDS) apontou redução de 45,8% nos crimes violentos letais e intencionais no primeiro trimestre de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018. Este ano, houve 13 registros de homicídios, contra 24 ocorrências no ano passado. Em 2017, foram registrados 139 homicídios, enquanto o ano de 2018 fechou com um total de 86 mortes.

A diminuição dos números, de acordo com a SMDS, se deu por diversos fatores, entre os principais, o investimento na área de segurança, como a ampliação do sistema de monitoramento. Os crimes contra o patrimônio em Ipojuca também diminuíram em 30,8%.

O promotor de Justiça Rinaldo Jorge da Silva atribui a diminuição dos homicídios ao trabalho que vem sendo feito pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em reuniões a cada dois meses com integrantes das polícias Militar e Civil, Guarda Municipal, secretarias municipais de Assistência Social, Defesa Social, Administração e Finanças, entre outras.

Desde dezembro de 2017, temos esses encontros para traçar metas para cada órgão, de modo que possamos intensificar a política de segurança pública. No caso da Promotoria Criminal de Ipojuca, por exemplo, assumimos o compromisso de priorizar os inquéritos de homicídio e tráfico de drogas, dando mais resolutividade aos casos e contribuindo para reduzir a violência”, ressaltou Rinaldo Jorge da Silva.

Com as reuniões, Ipojuca contou com medidas para aprimorar o combate ao crime como o reforço das delegacias, novos delegados, mais agentes, criação de uma unidade do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Já o MPPE colaborou com pronta resposta em inquéritos e medidas cautelares.

Os assuntos tratados nas reuniões foram trabalho infantil, tráfico de drogas, violência de crianças e adolescentes, eventos públicos, monitoramento eletrônico dos espaços públicos, fiscalização em bares e boates, assistência social, empregabilidade, entre outros. Foram levantados os locais de risco e de maior criminalidade, assim como o índice de trabalho infantojuvenil e a utilização pelo tráfico de crianças e adolescentes como vendedores de drogas.

O trabalho de assistentes sociais também foi apontado como fundamental em locais de alta vulnerabilidade, assim como programas voltados para crianças e adolescentes como a Orquestra Criança Cidadã, originária do bairro do Coque, no Recife, que já atua em Ipojuca.

A atuação mais incisiva da PM foi salientada, especialmente nos locais mais violentos do município. Também foi citado o monitoramento eletrônico 24 horas implementado em todo Ipojuca. Além disso, um helicóptero sobrevoa o litoral, especialmente na época das férias de verão.

Imagem acessível: retângulo com imagem de um gráfico onde a seta em amarelo indica queda dos índices tem sobrepostos os dizeres Integração entre MPPE e órgãos públicos gera redução dos homicídios
 

Destaques Notícias


Veja todas as Notícias
Diário Oficial
Diário Oficial
Diário Oficial
Consulta de Licitações
publicidade consulta licitação
Consulta de Licitações
Consulta Processual
publicidade consulta processual
Consulta Processual
Publicidade Ouvidoria2
Publicidade Ouvidoria2
Publicidade Transparência SIC
Publicidade Transparência SIC
Portal SEI!
Portal SEI!
Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de Pernambuco